Arquivo da categoria: Roteiros de Viagem para Mosaístas

MOSAIC TILE HOUSE – Venice – CA

The Mosaic Tile House

1116 Palms Blvd Venice CA 90291

Num passeio a Califórnia fui gentilmente presenteada com um convite-surpresa especial! Marcamos hora e lá fomos nós pensando no que nos aguardava. Ao estacionarmos logo chamou nossa atenção o muro, ou melhor, uma espécie de murada toda azulejada com uma casa muito colorida sobressaindo-se por trás das árvores pequenas do jardim. Yes!!! pensei. Minha irmã sabe realmente do que eu gosto!

tile house 10 c correção

tile house entrada

Logo na entrada há um banco “gaudinesco” onde recebemos as boas vindas.

Tile House

Cheri Pann, a artista e proprietária veio nos receber com um sorriso muito amigável e nossa conversa fluiu por todo o trajeto. Ela estudou piano, dança e teatro antes de fazer Gravura na UCLA e finalmente fez seu mestrado em Belas Artes.

 

tile house 5

Cheri nos contou como ela e o marido Gonzalo Duran começaram a reformar o banheiro, depois a cozinha e por fim azulejaram a casa toda, desde o teto, até os muros externos. Gonzalo também é um artista cujo imaginário é rico e fabuloso.

banheiro

cozinha

tile house 6detalhe colheres

Entram no processo do mosaico peças e fragmentos de cerâmica, porcelana, metal, etc. Sendo que a maior parte da cerâmica é feita e queimada no enorme ateliê construído por eles atrás da casa.

tile house corredor

tile house 9

O ateliê parece um laboratório, é uma delícia andar por ele e escutar sobre os processos criativos de Cheri.

tile house 8

Chama a atenção o trabalho de serralheria artística nos portões e grades feitos por Gonzalo utilizando talheres, conchas, e ferramentas.

portão de talheres Pann e eu

talheres e serrote

tile house grades 1

A casa está aberta para visitação através de hora marcada e compra de um ingresso módico. Cheri e Gonzalo também promovem exposições com venda de material produzido por eles, e ainda é possível celebrar casamentos nas dependências da casa.

tile hou tours

tile house casamento

Visite o site oficial e não deixe de ver o vídeo no youtube onde você vai sentir como a arte envolve a vida desse casal de uma maneira espontânea.

http://www.cheripann.com/The_Mosaic_Tile_House.html

Anúncios

Você usa Beach Glass nos mosaicos?

A Praia dos Vidros – Onde o mar recebeu lixo e devolveu tesouros.

fort bragg abcd

Fort Bragg, na Califórnia, USA, é conhecida como a praia dos vidros, ou Beach Glass. É um lugar onde a natureza fez seu árduo trabalho para consertar aquilo que o homem não cuidou e deliberadamente destruiu, oferecendo algo belo e intrigante.

fort bragg CA map
Por décadas, em total abandono, as falésias destas praias receberam todo tipo de lixo das cidades próximas, desde carcaças de carros, eletrodomésticos, peças de motores, lixo tóxico, etc. Somente nos anos 1960 as autoridades começaram a se preocupar com a remoção e a limpeza da área de cerca de vinte hectares que agora está sob a proteção do Estado fazendo parte do sistema Califórnia State Park, e foram incorporados ao MacKerricher State Park.

fort bragg ab
Também chamada de Praia Milagrosa, ela está situada numa das enseadas desta costa recortada do norte da Califórnia

fort bragg trilha

(foto de Robert S.)
Chegando em Fort Bragg é preciso informar-se bem, pois é preciso achar a enseada certa para encontrar aquele maravilhoso panorama colorido pois há muitas pessoas que não conseguem chegar ao local certo e voltam decepcionadas.

Para chegar lá existe uma trilha e você deve estar equipado para escalar umas pedras. Em algumas falésias há restos de metal amalgamado com rochas e oferecem certo risco para o visitante desavisado.

fort bragg foto de chelsea w

(foto de Chelsea W.)

Porém quando você chega a praia dos Vidros… é um espetáculo ver o milagre que o mar conseguiu fazer com suas ondas indo e vindo através dos anos, engolindo o lixo e devolvendo seixos de vidro lisos e coloridos. Há toneladas de pedaços de vidros coloridos “lixados” pela areia do mar embelezando as praias.
fort bragg amazingpics(foto de Beth C.)
Os vidros azuis, vermelhos e violeta quase não existem mais. Mas fica mais interessante procurar por eles. E é lógico, deixá-los lá antes de sair! (Trazer dois ou três, por enquanto não traz problemas)

Por ser um material muito apreciado pelos que fazem bijuterias, arte, decoração, há muitas pessoas inescrupulosas que vão contra as regras e saem levando baldes de seixos de vidro, continuando de certa forma a destruição daquilo que uma vez a natureza conseguiu consertar com grande empenho de força e tempo.

Você pode encontrar o beach glass no pequeno museu local, produzido industrialmente, vendido a preço bem acessível assim como as gemas de vidro. Então não precisamos ir tão longe para buscar esses tesouros. Vamos lá somente para apreciá-los e ver o poder da natureza..

Do estúdio Mela Delgado fica este belo mosaico onde se usou muito bem o beach glass.

fort bragg estudio mela delgado

O Tapete Funeral de Rudolf Nureyev

 Escultura de design do arquiteto Ezio Frigerio e execução de Akomena Spazio Mosaico. Um trabalho altamente detalhado que reproduz em mosaico,  um colorido tapete caucasiano, consistindo de vinte tons de vermelho e cerca de dez tipos de dourados.

Encontra-se em Sainte Genevieve Sous Bois, Paris.  

 Nureyev%20tutto akomena com ezio frigerio

P1000399

nureyev

Rudolf Nureyev nasceu na Rússia Soviética, transformando-se num dos mais celebrados bailarinos do século 20 … Continuar lendo

Roteiros de Viagem para Mosaístas

 

Casa na China é feita com 400 milhões de peças de porcelana

por Gisele Lobato
site Terra

http://turismo.terra.com.br/interna/0,,OI3625789-EI176,00-Casa+na+China+e+feita+com+milhoes+de+pecas+de+porcelana.html

1137661-4388-ga1

Durante 20 anos, o empresário chinês Zhang Lianzhi se dedicou a colecionar peças de porcelana. Em 2002, ele teve a grande idéia de sua vida ao adquirir uma antiguidade de outro tipo: um casarão francês secular, localizado na cidade de Tianjin, 80 quilômetros a sudeste de Pequim. No local, que já havia sido a residência de um ministro, resolveu montar seu museu.

1137666-9592-ga1

A grande originalidade do projeto de Zhang é a maneira como dispôs sua coleção. Em vez de abrigá-la em prateleiras com portas de vidro, protegidas do público e com iluminação especial, o empresário desenvolveu uma cola especial e fez da porcelana a decoração do edifício.

O muro externo é coberto por três mil vasos e cristais que preenchem os espaços entre as peças. Em volta e sobre a casa, repousam mais de 700 metros de um excêntrico dragão voador, que com seu corpo escreve a palavra “China”. Parapeitos, portas e teto são cobertos por cacos de porcelana fabricada entre as dinastias Tang (618-907) e Qing (1644-1911).

1137675-3906-ga

Não dá para evitar a comparação com a obra do arquiteto catalão Antoni Gaudí, embora a versão chinesa, inaugurada em 2007, tenha algo de kitsch. Além do dragão, a Yuebao House (conhecida como “China House”) tem cinco andares repletos de móveis antigos e figuras revestidas em pedaços de porcelana, inspiradas em poemas chineses tradicionais. No total, a casa exibe mais de 400 milhões de peças – 10 mil vasos, 5 mil tigelas, 300 leões de pedra, 300 estátuas budistas e mais de 20 toneladas de cristais naturais.

1137707-8735-ga

Zhang Lianzhi investiu US$ 65 milhões na casa que abriu para visitação pública. Além do trabalhão para escolher que peça ia onde, o empresário teve de enfrentar críticas por estar tornando as antiguidades “imprestáveis”. Para ele, no entanto, foi só uma maneira diferente de preservar aquilo que considera um dos símbolos da China e de dar nova vida ao material, já que 80% da porcelana estava quebrada ou danificada.

Yuebao House (China House)
Avenida Chifeng, 72
bairro Heping
Tianjin – China